“Don Corleone”, “Tetas” e “Wolverine”: os mais recentes reles!

Que ninguém pára a Enfertuna, já todos sabem… Numa maré particularmente repleta de compromissos tunaes, sejam eles festivais, atuações ou uma simples mas deliciosa troca de versos numa mesa de convívio, também houve tempo para se fazer crescer esta já tão grandiosa família!
No passado dia 19 de Fevereiro, três reles maçaricos viram expurgadas as suas máculas pelo sagrado néctar, erguendo-se então como os mais recentes (e ainda reles) caloiros da mui nobre tuna Enfertuna: Rúben “Don Corleone” Rodrigues, Ricardo “Tetas” Novita e Francisco “Wolverine” Costa.
Ainda que num curto espaço de tempo a envergar a gravata amarela, estes três elementos já demonstraram possuir o ímpeto e o potencial necessários para merecerem tal honra: que a vossa evolução seja uma constante!

Similar Articles

XV Fitumis, se estivesses... Foram 4 dias intensos, 7 tunas a concurso, na 15° edição de um festival que, certamente, não foi apenas mais um… As ruelas de Leiria, observadas lá
E a família cresce devag... Foi após uma animada atuação no Hotel Riu Palace que esta enorme família Enfertuna cresceu um pouco mais… O amarelo das gravatas enriqueceu com dois novos elementos
VII Oceanus, a Enfertuna ... Bem que as vagas do Oceano anunciavam que algo estava para chegar… ? Um Inverno como ninguém antes testemunhara, o encontro de 4 nobres casas num grandioso “Game
Mais um ritual de passage... Mais uma atuação, mais um ritual de passagem… Desta vez, coube às excelentíssimas Rita “Cábula” Curopos e Verónica “Transformer” Costa a honra de se juntarem aos mais
A família Enfertuna cont... Ontem, numa cerimónia regada com maresia, celebrou-se uma vez mais o crescimento da família Enfertuna… ? Após um período experimental caracterizado por um grande empenho e espírito de
Sangue fresco… Com o espírito reforçado pela entrada e grande empenho por parte da nova Maçaricada, a Direção desta mui nobre tuna achou por bem a realização de um
14 anos de Enfertuna… Há 14 anos que “ninguém pára esta Enfertuna”! Hoje houve mesa farta e, em seu redor, laços de amizade e orgulho por um projeto que é de
Do Rauss&Tuna’... Primeiro festival desta mui nobre tuna em terras continentais e logo no Norte bem Norte de Portugal. Após a viagem de avião e mais duas horas a
“Don Corleone”... Que ninguém pára a Enfertuna, já todos sabem… Numa maré particularmente repleta de compromissos tunaes, sejam eles festivais, atuações ou uma simples mas deliciosa troca de versos
De caloiros a tunos Hoje congratulam-se os mais recente tunos desta mui nobre tuna pela sua passagem para os mais dignos da casta lusa – Diogo “Chaço” Ferreira e Mariana “Pocahontas”

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *